“Desenvolvimento humano é o processo de ampliação das liberdades das pessoas, com relação às suas capacidades e às oportunidades a seu dispor, para que elas possam escolher a vida que desejam ter.” (IDH)

Assim, percebemos a construção de diversos saberes que vão além dos conteúdos, tão necessários ao desenvolvimento humano, principalmente nos dias atuais, onde se espera habilidades na vida sócio profissional como a resolução de problemas/conflitos, o espírito investigativo e de liderança, a autonomia para tomada de decisões, a criatividade e etc.

A educação holística é, portanto, uma ruptura com a educação do passado, de estrutura rígida, postura vertical do professor, aquisição de uma série desvinculada de conhecimentos que deveriam ser “vomitados” pelo aluno; educação autoritária, que não dava a criança ou ao jovem a oportunidade de exercitar sua criatividade, inventividade, reflexão e espírito de crítica. A educação holística preocupa-se com o todo: a interação entre disciplinas, entre as pessoas-educando e educador de mãos dadas, lado a lado – passando sempre a nova cosmovisão, onde o amor é a argamassa que nos une a todo o universo. Mais do que tudo, preocupa-se com a sensibilidade ética e estética com o autoconhecimento e a educação da alma.
( Maria Luiza Silveira Teles)

“…aqui na Teia a gente aprende coisas que não aprende em outros colégios como conviver, resolver problemas, a falar. O teatro ajuda a gente nisso, a gente aprende com desenhos, com jogos, de um jeito que a gente não aprende em outros lugares. Aqui a gente aprende subindo em árvores (risos)!” – Theo C. – ex-alunos, 16 anos

Saiba mais sobre a Teia